ARTIGOS

> RESUMO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS E TEXTOS SOBRE NUTRIÇÃO
< voltar
Janela Anabólica 17-jul-2015

Você se alimenta logo após a prática de atividades físicas?
O cansaço é maior e você opta para dormir ao invés de se alimentar?
Você não tem tempo de fazer um lanche pós-treino e por isso belisca qualquer besteira?

Hoje muito tem-se discutido sobre estratégias nutricionais para a melhoria da performance no esporte em geral.

Dentro deste contexto há um tema chamado Janela Anabólica.

Alguns estudos dizem que a janela anabólica (ou janela de oportunidades) existe e que nada mais é do que um tempo específico após o treino onde pode-se otimizar as adaptações musculares daquele treino pela reposição imediata de alguns nutrientes, principalmente carboidratos e proteínas. Alguns estudos dizem que a reposição desses nutrientes durante a janela anabólica é mais importante até do que a ingestão diária total destes.
Segundo uma pesquisa de 2013, divulgada pela JISSN, a hipótese parte do pressuposto de que o exercício é um estado de jejum e que durante este período há um aumento da quebra da proteína muscular que tende a persistir no período pós-exercício caso não haja a reposição alimentar. Estudos mostram que a quebra muscular é leve logo após o treino porém é crescente caso prolongue o jejum atingindo um pico 195 minutos após a atividade física. 
De um modo geral, a primeira resposta à ingestão alimentar pós-treino é de induzir a liberação do hormônio insulina. Esta por sua vez tem relação direta com reações anabolicas (formação de musculos e outros tecidos) estimulando-as e ao mesmo tempo inibindo vias de degradação muscular. Esta liberação de insulina é conseguida pela ingestão de proteínas ou carboidratos, porém é intensificada quando se ingere ambos os nutrientes juntos, obtendo assim um estímulo anabólico mais intenso.
Neste momento , com a reposição correta de nutrientes, não só inicia-se a reconstrução do tecido muscular danificado e restauração das reservas energéticas como aprimora de maneira supercompensarória tanto a composição corporal como a performance física.

Por fim, outro importante fator a ser considerado para uma boa recuperação muscular é o nível das suas reservas energéticas (glicogênio). Muitos não sabem mas a disponibilidade do seu glicogênio também é fortemente responsável pela ativação ou inibição de vias celulares indutoras do anabolismo/catabolismo muscular. Por isso, não preocupe somente com o seu pré e pós treino mas sim na sua alimentação de modo geral. 
Consulte um nutricionista!

Janela Anabólica
Fonte: